Últimas Notícias

PMA usa fotos de redes sociais e autua 5 por pesca ilegal no MS

img-facebookPoliciais Militares Ambientais de Jardim (MS) verificaram nas redes sociais ontem a postagem de diversas fotos, por usuários praticando crime de pesca predatória, utilizando redes de pesca (petrechos proibidos) no rio Miranda, em Jardim. Os pescadores detalhavam as fotos armando as redes, bem como com os peixes capturados, especialmente os maiores.

img-facebook2Utilizando as imagens e os detalhes, a PMA localizou as pessoas e efetuou autos de infrações contra os infratores. Cinco pessoas, sendo três residentes em Medianeira, no Paraná, e dois residentes em Jardim (MS) foram autuados administrativamente e multados em R$ 700,00 cada um. Os autos de infração, contra os Paranaenses serão enviados via correio, porém, eles já foram cientificados. Os pescadores de Jardim já receberam suas autuações.

img-facebook3Os autuados responderão também por crime ambiental de pesca predatória. Se condenados pelo crime ambiental poderão pegar pena de um a três anos de detenção.

Esta é a segunda vez que a PMA de Jardim utiliza as redes sociais para realizar autuações a praticantes de crimes ambientais. A primeira utilização da internet refere-se a identificação dos autores de maus-tratos realizados contra uma Sucuri, na cidade de Maracaju-MS, no mês de janeiro deste ano. Neste caso foram três infratores autuados e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil para responder pelo crime ambiental.


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato