Últimas Notícias

Em oito dias nos rios da divisa com MT, PMA autua 10 pessoas

pma_mato_grosso_do_sulPoliciais Militares Ambientais de Miranda e de Campo Grande (MS) realizaram operação, desde o dia 28 de fevereiro até ontem à noite (7), em intensificação da fiscalização no final da piracema e a abertura da pesca, nos rios Correntes, Piquiri, São Lourenço, Cuiabá, Paraguai e Miranda, especialmente na divisa com Mato Grosso e desceram de Sonora (MS) até o Distrito de Salobra, no município de Miranda.

Nesta região a PMA tem realizado todos os anos este tipo de operação por ter detectado pesca predatória em fim de piracema e abertura da pesca. Algumas pessoas começam a pescar antes da abertura da pesca e outras praticam pesca predatória, por pensar que a distância para se chegar ao local é um fator que os tornaria impunes, em virtude do difícil acesso à fiscalização.

As equipes fiscalizaram 1.300 km de rios e abordaram 110 embarcações de pesca amadora, 15 embarcações de pesca profissional e seis Barcos Hotel, totalizando 332 pescadores amadores abordados e 20 pescadores profissionais. Foram autuadas 10 pessoas por infrações ambientais, sendo nove autuados por pesca predatória e um fazendeiro por desmatamento ilegal.

Na sexta-feira (1) os policiais verificaram em uma fazenda margeando o Rio Piquiri, no município de Corumbá (MS), máquinas realizando um desmatamento ilegal. O proprietário da fazenda residente em Arapongas (PR) foi autuado e multado em R$ 21.300,00, por ter desmatado 70,3 hectares medidos com GPS pelos Policiais. Foram apreendidos dois tratores que realizavam o desmatamento.

Ainda no rio Piquiri, próximo à foz do rio Cuiabá, os policiais autuaram três pescadores, residentes em Cuiabá (MT), que estavam em uma lancha e tinham capturado pescado fora da medida permitida. Foram apreendidos 8 kg de pescado, sendo um exemplar de jau com 64 centímetros, quando a medida de captura para espécie é de 95 centímetros. A lancha também foi apreendida. Cada pescador foi multado em R$ 1.120,00.

No mesmo, rio, mais três cuiabanos foram abordados em uma lancha e também tinham capturado pescado fora da medida permitida. Tinham capturado um exemplar de cachara com 67 centímetros, quando a medida de captura para a espécie é de 80 centímetros. A lancha foi apreendida. Cada pescador foi multado em R$ 1.000,00.

No rio Cuiabá, no Porto Jofre, no município de Corumbá foram autuados mais três pescadores também por capturar peixe fora da medida. Um exemplar de pintado fora capturado com 65 centímetros, quando a medida de captura para a espécie é de 85 centímetros. O barco e um motor de popa foram apreendidos. Cada pescador, residente em Goiânia (GO) foi multado em R$ 1.000,00.

Todos os pescadores responderão por crime ambiental de pesca predatória. Se condenados pelo crime ambiental poderão pegar pena de um a três anos de detenção.

http://www.aquidauananews.com


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato