Últimas Notícias

Brasil criará roteiros turísticos de pesca amadora esportiva

pesca-esportivaA Pesca Esportiva viu reconhecida a sua importância para o turismo do Brasil no fim de outubro, quando a Embratur – Instituto Brasileiro de Turismo – e o Ministério da Pesca e Agricultura assinaram um protocolo para permitir o desenvolvimento de roteiros turísticos direcionados para o turismo de pesca. O acordo surgiu como resposta à crescente procura neste segmento.

Pesca Esportiva se tornou um segmento de turismo relevante para o país.

A região da Amazônia tem um elevado potencial para o desenvolvimento de roteiros dirigidos aos adeptos deste esporte, o país é, atualmente, detentor de vários recordes na pesca esportiva internacional: o maior tucunaré (12,5 kg) e o maior marlim-azul (636 kg) foram pescados em águas brasileiras.

Sobre o potencial do segmento, Marco Lomanto, Diretor de Produtos e Destinos da Embratur explica: “o Brasil possui uma das maiores redes hidrográficas do mundo e uma costa com uma extensão superior a 8 mil quilometros. O turismo de pesca é um segmento que vamos explorar e potenciar, em particular na região amazônica, que recebeu só no ano passado, três mil estrangeiros interessados no tema”.

O Brasil é o país com a maior diversidade de espécies de peixes e com maior potencial para o turismo de pesca, o que falta ainda é uma lei de conscientização que proteja a pesca esportiva e conserve os estoques nos rios como é feito hoje na Argentina que proibiu a pesca do Dourado e Pintado e vive seu melhor momento na pesca esportiva, com hotéis e pousadas com sua lotação máxia em alguns casos só tendo vagas em 2015.


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato