Últimas Notícias

Fiscalização flagra crimes ambientais na bacia do Rio São Francisco em Piaçabuçu-AL

apreensao em Piabucu-ALA equipe de fiscaliza√ß√£o aqu√°tica, uma das cinco equipes que comp√Ķem a Fiscaliza√ß√£o Preventiva Integrada (FPI) da Bacia do Rio S√£o Francisco, constatou diversas ilegalidades, incluindo um Jacar√© do Papo Amarelo morto, durante a atua√ß√£o em 30 km do Rio S√£o Francisco, no munic√≠pio de Pia√ßabu√ßu, em dois dias de trabalho (segunda, 19; e ter√ßa, 20).

A equipe responsável pela fiscalização aquática é composta por fiscais do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos naturais Renováveis (Ibama), Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA) e Marinha do Brasil.

Al√©m do animal morto, foram apreendidos equipamentos para uso em pesca predat√≥ria, como 495 covos (armadilhas para captura de camar√£o) de tela pl√°stica, garrafas pet e talas de bambu com dimens√Ķes ilegais; uma rede de malha de nylon com 140 metros com malha inferior ao permitido. Tamb√©m foram soltos aproximadamente mil camar√Ķes, pitus (esp√©cimes amea√ßados de extin√ß√£o e cuja captura est√° proibida) e peixes.

A marinha ainda notificou quatro embarca√ß√£o por irregularidades como a falta de coletes salva vidas, e lacrou outra embarca√ß√£o por que a mesma n√£o possu√≠a condutores n√£o habilitados, al√©m da aus√™ncia de coletes salva vidas e de seguro obrigat√≥rio. Tamb√©m foram realizados dois autos de infra√ß√£o pelo IBAMA e abordagens em 6 embarca√ß√Ķes de pesca com vistoria ambiental e inspe√ß√£o naval por parte da marinha.

apreensao em Piabucu-AL 2Constru√ß√£o irregular ‚Äď Na segunda-feira (19), a equipe 3 da FPI, composta pelo pelo do Minist√©rio P√ļblico Federal F√°bio Oliveira, e t√©cnicos do Instituto do Meio Ambiente e Secretaria do Patrim√īnio da Uni√£o foi impedida de ingressar em uma propriedade denominada Rancho Terapia, a qual teria sido constru√≠da irregularmente em √Ārea de Preserva√ß√£o Permanente (APP). Ap√≥s o pedido do Minist√©rio P√ļblico Federal (MPF), a Justi√ßa expediu mandado e os fiscais cumpriram, nesta quarta-feira( 21) a inspe√ß√£o, mas o laudo ainda n√£o foi divulgado.

Al√©m das a√ß√Ķes de fiscaliza√ß√£o, tamb√©m foi realizada palestra sobre pesca predat√≥ria para alunos do ensino fundamental do Col√©gio Bom Conselho, na margem do Rio S√£o Francisco. Durante a palestra, foram demonstrados os petrechos, covos e redes, aprendidos durante o dia, com informando-se aos alunos os preju√≠zos e a forma correta de realizar a pesca do camar√£o e peixe, fora e dentro da piracema.

O programa FPI tem o objetivo de fiscalizar os impactos ambientais na bacia do rio S√£o Francisco. A fiscaliza√ß√£o re√ļne 22 √≥rg√£os estaduais e federais, envolvendo aproximadamente 90 pessoas divididas em 5 equipes. At√© o dia 30 de maio, a FPI fiscalizar√° um total de 99 alvos nos munic√≠pios de Penedo, Pia√ßabu√ßu, Feliz Deserto, Igreja Nova, Porto Real do Col√©gio, S√£o Br√°s e Olho D√°gua Grande. Entre os alvos escolhidos pelo programa est√£o o com√©rcio e armazenamento de agrot√≥xico, abastecimento de √°gua, esgotamento sanit√°rio, abate de animais, extra√ß√£o mineral, ocupa√ß√£o irregular e pesca predat√≥ria*.


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato