Últimas Notícias

Itaipu fará mutirão de limpeza no lago durante a piracema

Limpeza do lago da piracema em Foz do IguacuA Itaipu Binacional aproveitará o período de defeso (proibição da pesca de espécies nativas nos rios e reservatórios) no Estado do Paraná para promover mutirões de limpeza no lago. A restrição começa neste sábado (1º) e vai até 28 de fevereiro. O objetivo é proteger a reprodução e desova dos peixes neste período de piracema.

Entre as espécies da lista estão o bagre, o pintado, o lambari, o dourado e o jaú. A pesca fica permitida apenas para as espécies exóticas como a carpa, a tilápia, o tucunaré e o apaiari.

A campanha de Itaipu será semelhante à desenvolvida entre julho e agosto. À ocasião, foram recolhidas quase 40 toneladas de lixo. Os materiais reciclados foram repassados à Prefeitura de Foz do Iguaçu para destinação correta.

A ação será em parceria com o Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu e iniciam após 15 de novembro, quando as datas dos mutirões começarão a ser agendadas, segundo o engenheiro agrônomo, Irineu Motter, da Divisão de Reservatório de Itaipu (MARR.CD).

A expectativa é da participação de cerca de 500 pescadores, de seis colônias e de quatro associações profissionais. Eles receberão camisetas, bonés, luvas, embalagens, combustível para os barcos e marmitex repassados pela Itaipu.

O defeso obedece Instrução Normativa nº 25/2009 do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Ibama). A regra é reforçada no estado pela portaria nº242/2011, do Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

Durante a piracema, a Polícia Ambiental e o IAP vão reforçar a fiscalização nos lagos e rios. Os pontos prioritários serão os locais já mapeados como os de maior incidência de infrações ambientais e pesca predatória. Peixarias e supermercados deverão apresentar, até 5 de novembro, declaração de estoque.

O não cumprimento das regras enquadra o responsável por crime ambiental, com aplicação de multa de R$ 700 (por pescador) e mais R$ 20 por quilo pescado.

A Itaipu

Lago de ItaipuCom 20 unidades geradoras e 14.000 MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é a maior geradora de energia limpa e renovável do planeta e foi responsável, em 2013, pelo abastecimento de 17% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 75% do Paraguai. Em 2013, superou o próprio recorde mundial de produção e estabeleceu a marca de 98.630.035 megawatts-hora (98,63 milhões de MWh). Desde 2003, Itaipu tem como missão empresarial “gerar energia elétrica de qualidade, com responsabilidade social e ambiental, impulsionando o desenvolvimento econômico, turístico e tecnológico, sustentável, no Brasil e no Paraguai”.

A empresa tem ainda como visão de futuro chegar a 2020 como “a geradora de energia limpa e renovável com o melhor desempenho operativo e as melhores práticas de sustentabilidade do mundo, impulsionando o desenvolvimento sustentável e a integração regional”.


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato