Últimas Notícias

Tribunal de Justiça do MT entrega 8 novos barcos ao “Juvam” para reforçar a fiscalização

Barcos cedidos pelo TJMT ao Juvam para reforcar fiscalizacao no MT 2O Tribunal de Justiça de Mato Grosso entregou ao Juizado Volante Ambiental (Juvam) oito barcos para potencializar as ações de fiscalização do setor na Capital e no interior do Estado. A cerimônia de entrega foi realizada no fórum de Cuiabá, na última sexta-feira (23/01). Além da Capital, as unidades do Juvam de Cáceres, Barra do Garças e Rondonópolis receberam dois barcos cada uma.

Para o Sargento Gilberto da Costa e Souza, policial militar que atua no Juvam de Cuiabá, a doação dos barcos vai melhorar significativamente o trabalho de apuração das denúncias de fiscalização fluvial. “Recebemos muitas denúncias relativas à pesca predatória, pescado fora da medida, atividades ilegais de dragas e desmatamento em áreas de preservação permanente nas margens dos rios. Agora, com mais uma lancha e um barco, vamos poder expandir ainda mais a nossa atuação”, explica Gilberto.

Servidora do Juvam de Rondonópolis desde a sua criação, Elza Maria Gonçalo Prado conta que, com os novos barcos, a unidade vai ter mais liberdade para atender denúncias e fazer vistorias. “Antes tínhamos que contar com a colaboração dos parceiros para realizar os atendimentos fluviais, agora não mais. Houve um grande investimento por parte da atual gestão no Juvam, recebemos materiais pra fiscalização em geral e agora os barcos”, ressalta Elza.

O presidente do TJMT, desembargador Orlando de Almeida Perri, afirma que o Poder Judiciário tem se preocupado em desenvolver ações visando a preservação ambiental, ainda que não seja competência imediata do Judiciário esse tipo de ação. “Nós procuramos durante toda a nossa gestão estruturar as unidades do Juvam e para isso procuramos adquirir todos os equipamentos necessários, a começar por veículos e barcos, para fazer a fiscalização do nosso meio ambiente”, afirma Perri.

Barcos cedidos pelo TJMT ao Juvam para reforcar fiscalizacao no MTRodrigo Curvo, juiz titular do Juizado Volante Ambiental, destaca que a iniciativa demonstra a preocupação do Judiciário de Mato Grosso com a preservação ambiental. “O Juvam ganhou especial atenção nesta gestão. Com a obtenção dos equipamentos, as equipes de fiscalização do Juvam e o Núcleo da Polícia Ambiental, que está vinculado ao juizado, ganham condições de executar operações mais complexas nas margens dos rios”, esclarece o magistrado.

DENÚNCIAS – O Juizado Volante Ambiental recebe denúncias de crimes ambientais na Capital e no interior. As unidades também atendem casos de poluição sonora, crime de maus tratos, depósitos irregulares de lixo, entre outros. Para denunciar, entre em contato pelo telefone (65)3642-4064.

Kalua Barco Hotel


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato