Últimas Notícias

Projeto faz marcação e soltura de espécimes de garoupa verdadeira criadas em cativeiro

Projeto Garoupa - Marcacao e Soltura 2N√£o se sabe ainda qual o estado em que se encontram as v√°rias popula√ß√Ķes da Garoupa Verdadeira, mas um dado √© certo: h√° um forte decl√≠nio dessa esp√©cie nos nossos mares. O que aconteceria se os estoques estivessem t√£o degradados que n√£o se teria como recuper√°-los apenas com regula√ß√Ķes de pesca? Ser√° que uma medida de emerg√™ncia n√£o seria necess√°ria para a recupera√ß√£o da esp√©cie, evitando um desequil√≠brio em seu ecossistema? Nesse momento que entra a pesquisa de reposi√ß√£o do estoque da garoupa, do Projeto Garoupa que √© patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Socioambiental.

A atividade de produção de garoupas em cativeiro, para possíveis medidas de emergência, no tocante a reposição e recuperação da espécie em nosso litoral, já é possível, e mais: em pequena escala já está sendo realizada. Essa atividade culmina em dois componentes, a soltura de larvas e alevinos e a telemetria de juvenis.

Projeto Garoupa - Marcacao e Soltura 4A soltura de larvas e alevinos está sendo feita em áreas onde a garoupa ocorre naturalmente. Através de parceiro do projeto na Ilhabela, com reprodução da espécie-alvo para a produção de larvas, alevinos e juvenis, o Projeto Garoupa obtém formas jovens da espécie que servirão para a soltura destes.

A reprodu√ß√£o, larvicultura e engorda da garoupa em cativeiro √© uma atividade ainda n√£o completamente dominada por pa√≠s nenhum. ‚ÄúCom o experimento de soltura, o Projeto Garoupa est√° contribuindo para o desenvolvimento da aquicultura da garoupa e, com isso, permitindo que alternativas √† pesca extrativa sejam implementadas na explora√ß√£o dessa esp√©cie t√£o procurada. Estamos, portanto, direta e indiretamente atuando na conserva√ß√£o da garoupa verdadeira com este componente do projeto.‚ÄĚ, explica coordenador do projeto, Mauricio Roque da Mata.

Projeto Garoupa - Marcacao e Soltura 5Paralelamente à soltura de larvas e alevinos está sendo avaliado o comportamento de indivíduos juvenis produzidos em cativeiro soltos em ambiente natural. Para tal, estão sendo introduzidos transmissores nos indivíduos-teste com posterior soltura. Com este aparelho, pode-se avaliar o padrão de movimento de cada indivíduo continuamente durante vários dias. Essa avaliação dá uma estimativa do grau de adaptação de garoupas de cativeiro em ambiente natural.

O componente desse projeto de soltura de indiv√≠duos da garoupa avaliar√° a efetividade de se usar atividades de aquicultura como ferramenta de conserva√ß√£o. Com os reprodutores provindos de ambiente natural, os efeitos gen√©ticos negativos dessa proposta de preserva√ß√£o e recupera√ß√£o de popula√ß√Ķes amea√ßadas de extin√ß√£o s√£o diminu√≠dos. Com a crescente press√£o sobre os ambientes marinhos, muitas vezes √© preciso tomar a√ß√Ķes de car√°ter imediato para evitar consequ√™ncias negativas e irrevers√≠veis. O que se espera √© que logo em breve n√£o se precise usar essa ferramenta , mas, caso necess√°rio, o Projeto Garoupa possui a metodologia mais correta e menos danosa de faz√™-lo.

A√ß√Ķes & Resultados:
Telemetria ‚Äď transmissores ac√ļsticos foram inseridos em 25 esp√©cimes da Garoupa Verdadeira (Mycteroperca marginata), que, com o apoio do ICMBio, esses indiv√≠duos foram soltos na √°rea de dom√≠no da ESEC Tamoios – Unidade de Conserva√ß√£o Federal de prote√ß√£o integral, em Angra dos Reis, ambiente natural da garoupa.

Projeto Garoupa - Marcacao e Soltura 6A esp√©cie solta est√° sendo monitorada pelos pesquisadores do Projeto Garoupa que analisam padr√Ķes de movimento e taxa de mortalidade. O acompanhamento do comportamento dessa esp√©cie foi iniciado em maio e os dados ser√£o coletados a cada m√™s subsequente.

At√© o momento, os resultados parciais indicam uma adapta√ß√£o plena ao habitat natural de juvenis da garoupa de cativeiro e um padr√£o de movimento similar ao conhecido de esp√©cimes produzidas na natureza. ‚ÄúEsses s√£o resultados promissores, que foram poss√≠veis por meio do patroc√≠nio da Petrobras, atrav√©s do Programa Petrobras Socioambiental. Estes resultados iniciais indicam ser a nossa ferramenta de recupera√ß√£o de popula√ß√Ķes uma alternativa vi√°vel para a preserva√ß√£o da esp√©cie.‚ÄĚ ‚Äď Conclui Mauricio da Mata, coordenador geral do Projeto.

Projeto Garoupa РFotos: Flavia Moreira


Deixe o seu Comentário - Dúvidas e perguntas envie um email para contato@pescamadora.com.br