Últimas Notícias

Audiência pública debateu sobre a Pesca Esportiva no Rio Iguaçu no PR

Audiencia publica debateu sobre a Pesca Esportiva no Rio Iguacu no PRA audiência pública promovida hoje na Casa de Leis foi sobre a “Pesca Esportiva e Vocação Turística do Rio Iguaçu”, proposta pelo deputado Guto Silva (PSC) e promovida em parceria com a Associação de Pesca do Médio Iguaçu (Apemi).

O objetivo do encontro foi debater a exploração turística sustentável do Rio Iguaçu como instrumento para coibir a pesca predatória e conciliar a preservação ambiental com apoio ao esporte.

Órgãos governamentais e da iniciativa privada vão organizar uma agenda comum para coibir a pesca predatória e promover a pesca esportiva e a vocação turística do Rio Iguaçu.

A decisão foi tomada na manhã desta quarta-feira (19), na Assembleia Legislativa, durante audiência pública proposta pelo deputado Guto Silva (PSC) e promovida em parceria com a Associação de Pesca do Médio Iguaçu (Apemi). De acordo com o deputado, a agenda vai incluir ações de fiscalização integrada, de formação e capacitação de guias locais de pesca, de envolvimento com as comunidades locais e de incentivo da aquicultura e piscicultura na região.

“Muitos municípios do Paraná têm uma especial relação de proximidade com o Rio Iguaçu, mas percebemos que ainda dá pra aproveitar melhor esse potencial, sobretudo através da pesca esportiva. A ideia é aumentar o rigor na fiscalização da pesca predatória para que desta forma, com a combinação de políticas públicas, a gente possa criar uma cadeia de negócios ligada à pesca esportiva”, afirmou o parlamentar.

Fiscalização
Para Alexandre Woehl, representante da Apemi, só o reforço na fiscalização contra a pesca predatória poderá intensificar as ações de preservação ambiental. “Pela falta de fiscalização, a incidência de redes de pesca é enorme no Rio Iguaçu. Virou um mercado e isso nos preocupa.

Rio Iguacu-PRSe houver fiscalização, as espécies que habitam o Rio vão poder procriar e isso vai preservar o rio com um todo. E com um Rio Iguaçu saudável, o turismo de pesca só tende a crescer”, ressaltou.

A reunião contou com a participação de representantes do Ibama, da Secretaria de Estado do Esporte e Turismo, da Superintendência Federal da Pesca, da Sanepar, da Secretaria Municipal de Turismo de Foz do Iguaçu, da Paraná Turismo, da Copel, do IAP, da Polícia Rodoviária Estadual, da Polícia Rodoviária Federal, de representantes de diversas prefeituras municipais e da Federação do Comércio do Estado do Paraná – Fecomércio-PR. Também participaram da audiência os deputados Chico Brasileiro (PSD), que é presidente da Comissão de Turismo da Assembleia, Hussein Bakri (PSC) e Claudio Palozi (PSC).

Kalua Barco Hotel


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato