Últimas Notícias

Força tarefa combate pesca predatória no Lago de Palmas-TO

Forca tarefa combate pesca predatoria no Lago de Palmas-TO 3Durante essa sexta-feira, 28, policiais civis da Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes Contra o Meio Ambiente (DEMA) participaram de uma força tarefa composta por vários órgãos federais, municipais e estaduais ligados à proteção ao meio ambiente em uma grande operação de combate à pesca ilegal, no Lago da Usina Hidrelétrica de Lajeado, em Palmas.

Pela manhã as equipes de fiscalização apreenderam no km 42,  vários pescados em caixas de isopor  impróprios para uso pois estavam  sem  condições sanitárias. Já na Praia dos Buritis foi apreendida uma rede de pesca de aproximadamente 20 metros com um grupo de pescadores.

Na Praia da Graciosa, um pescador foi detido pela Policia Civil, após ser pego em flagrante pescando com uma tarrafa e oferecer resistência ao trabalho da fiscalização.

Forca tarefa combate pesca predatoria no Lago de Palmas-TO 4No inicio da tarde  foram apreendidas duas embarcações nas proximidades da Ilha das Cobras, que transportavam pescados.  A fiscalização também recolheu cerca de 700 metros de rede malha 14.

Nas duas canoas foram identificados cerca de  50 kg de pescados das espécies, curumatá, manpará, dourado e cari,  acondicionados em caixas de isopor com gelo.

As canoas foram apreendidas pela  Marinha do Brasil por não terem inscrição junto à mesma, e ainda sendo conduzidos por pessoas não habilitadas. Os peixes serão destinados a doação.

O gerente de Fiscalização Ambiental da Guarda Metropolitana, Heleno Belo de Freitas, informou que a força tarefa foi organizada em decorrência de várias denúncias recebidas pelo órgão sobre a prática de pesca predatória no Lago da Usina Hidrelétrica de Lajeado.

Forca tarefa combate pesca predatoria no Lago de Palmas-TO 8“Tem muitas pessoas que praticam à pesca predatória, efetuando a venda direta sem passar pelo entreposto, pessoas que estão aqui pescando, mas são de outros Estados e não são sócios das colônias de pescadores do Tocantins”, explicou.

Ainda conforme o delegado Marcelo Falcão, às investigações realizadas pela Polícia Civil apontam que o produto da pesca ilegal, pode estar sendo transportado para outro Estado, o que será apurado no transcorrer do inquérito policial. Todo o material apreendido foi encaminhado à perícia oficial do Estado e os laudos estarão concluídos em 10 dias.

Para o delegado Falcão, a operação foi considerada um grande sucesso, uma vez que todas as metas pré-estabelecidas foram cumpridas com êxito. “A operação foi muito positiva tendo em vista que a preservação do meio ambiente é medida que se impõe e sua degradação atinge a toda a coletividade”, ressaltou.

A força tarefa de combate à pesca predatória no Lago da Usina Hidrelétrica de Lajeado foi coordenada pela Gerência da Guarda Ambiental da Guarda Metropolitana de Palmas e composta pela Polícia Civil, Polícia Científica, Ibama, Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec), Vigilância Sanitária do Estado, Vigilância Sanitária do Município de Palmas, Marinha do Brasil, Ministério da Agricultura, Ministério da Pesca, Secretaria Municipal de Agricultura de Palmas e Guarda Metropolitana.


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato