Últimas Notícias

Nova ocorrência de mortandade de peixes é registrada no Rio Araguari-AP

Peixes aparecem mortos proximo a Hidreletrica no Rio Araguari no Amapa 3Moradores de Ferreira Gomes, a 134 Km de Macapá-AP, encontraram novamente peixes mortos no rio Araguari, na tarde de domingo (24). Esta é sexta mortandade no rio Araguari, sendo o segundo caso em 2016. As espécies foram localizadas por pescadores próximo a hidrelétrica Cachoeira Caldeirão, na região rural do município.

De acordo com o presidente da Associação de Atingidos por Barragens, Moroni Guimarães, que divulgou o caso na internet, muitos peixes encontrados mortos são pequenos, mas espécies maiores começaram a surgir, como tucunaré e mandube.

‚ÄúMuitos peixes morreram no dia 19 [de janeiro] e ontem percebemos uma quantidade maior, com esp√©cies grandes. Vemos que os peixes est√£o com os olhos saltados para fora, um dos sinais de morte por excesso de oxig√™nio no sangue. Por isso denunciamos e vamos reunir para relatar a situa√ß√£o √† Dema [Delegacia de Meio Ambinte]‚ÄĚ, falou Guimar√£es.

Peixes aparecem mortos proximo a Hidreletrica no Rio Araguari no Amapa 7O fen√īmeno √© semelhante ao ocorrido em outros tr√™s registros nos anos de 2015 e 2014, no rio Araguari, onde existem duas hidrel√©tricas em opera√ß√£o e outra em constru√ß√£o. Pescadores fizeram den√ļncia na Delegacia de Meio Ambiente, em Macap√°.

Guimarães está em Macapá e nesta segunda-feira (25) vai acompanhar os depoimentos de moradores na Dema, que investiga a mortandade no rio Araguari. O pescador Maurito de Souza diz que sustenta a família há cerca de 10 anos com a atividade. Segundo ele, com o excesso de morte das espécies, está difícil conseguir dinheiro.

‚ÄúPara mim, est√° dif√≠cil a situa√ß√£o e n√£o posso pescar porque estamos em per√≠odo de defeso. Dependo da pesca para sustentar meus quatro filhos. Estou fazendo bicos para poder sobreviver. N√£o posso pegar nem para comer‚ÄĚ, lamentou.

A pescadora Mariodete Penha, de 52 anos, diz que saiu para pescar com os dois filhos, no domingo, e percebeu as espécies mortas.

Peixes aparecem mortos proximo a Hidreletrica no Rio Araguari no Amapa 5‚ÄúN√≥s vimos a quantidade grande de peixes quando fomos ao rio Araguari e pegamos uma quantidade para mostrar ao delegado, em Macap√°. Est√° complicado, porque n√£o conseguimos pescar nem para comer‚ÄĚ, desabafou.

A empresa de Energia Cachoeira Caldeir√£o informou ao G1 que est√° analisando com ‚Äúsua consultoria especializada em ictiofauna os motivos que levaram √† ocorr√™ncia com peixes‚ÄĚ. A empresa disse ‚Äúque as vaz√Ķes do rio Araguari foram mantidas bem acima da exig√™ncia dos √≥rg√£os competentes e que n√£o ocorreram movimenta√ß√Ķes das comportas do vertedouro ou qualquer fato novo na obra‚ÄĚ.

Morte de peixes
Em 2014, foram registradas tr√™s ocorr√™ncias de mortes de peixes na orla de Ferreira Gomes. O Imap emitiu um laudo, √† √©poca, descartando qualquer tipo de polui√ß√£o na √°gua por causa da caracter√≠stica do rio, que tem grande capacidade de diluir subst√Ęncias.

A primeira vez que os peixes apareceram mortos foi em agosto de 2014. Os outros registros ocorreram em outubro e novembro, no mesmo local. Pescadores chegaram a realizar um protesto no município por causa dos prejuízos para a atividade. Em 2015, as mortes foram em novembro. O caso mais recente ocorreu no dia 19 de janeiro.

Portal G1 – Globo.com


Deixe o seu Comentário - Dúvidas e perguntas envie um email para contato@pescamadora.com.br