Últimas Notícias

Barcos que conseguiram licenças na justiça são apreendidos por pesca ilegal em SC

Barco que conseguiu licenca na justica e apreendido por pesca ilegal em SC 2Cerca de 50 toneladas de tainha foram apreendidas pelo Ibama na manhã desta segunda-feira em Porto Belo (SC) capturadas por duas embarcações catarinenses em área proibida, no Rio Grande do Sul. Os dois barcos são da pesqueira Pioneira da Costa, e um deles está entre os que tiveram a licença negada pelo Ministério da Agricultura, no início de junho, e receberam autorização para captura por ordem judicial. A multa estimada para a empresa é de R$ 1 milhão por crime ambiental.

A pesca ilegal foi descoberta através do sistema de rastreamento por satélite, que indica ao órgão ambiental a localização exata dos barcos e detalhes como a velocidade em que estão _ o que informa, por exemplo, se estão em operação de cerco para captura. Segundo Sandro Klippel, coordenador do Ibama Itajaí, responsável pela operação, os dois barcos pescaram a menos de 10 milhas da costa gaúcha, o que é proibido por lei.

Doação
Barco que conseguiu licenca na justica e apreendido por pesca ilegal em SC 3Toda a carga apreendida será doada ao projeto Mesa Brasil, que distribuirá as tainhas para entidades beneficentes no Estado. Os barcos apreendidos ficarão sob tutela da Pioneira da Costa, mas não poderão ser utilizados por enquanto.

Empresa Nega Irregularidade
De acordo com o advogado Rodolfo Macedo do Prado, que representa a Pioneira da Costa, a empresa nega que tenha feito capturas em área proibida _ o sistema teria registrado manobras, que não são ilegais. Ele informou que a pesqueira vai recorrer da autuação por via administrativa e judicial. A empresa tem 20 dias, a partir do auto de infração, para apresentar sua defesa.

Em julho,os armadores catarinenses entraram na Justiça depois que todas as embarcações que apresentaram documentação ao Ministério da Agricultura tiveram as licenças negadas. De acordo com dados do Ministério do Meio Ambiente, todos os barcos inscritos fizeram capturas em área irregular na última safra, em 2015.

Apenas dois barcos que não haviam pescado no ano passado receberam autorização, na “terceira chamada” publicada em Diário Oficial, inclusive uma das embarcações da Pioneira da Costa, apreendida nesta segunda.

Barco que conseguiu licenca na justica e apreendido por pesca ilegal em SCA negativa causou revolta e prejuízo para o setor industrial, que contava com uma captura de peso, semelhante à da pesca artesanal que bateu recorde este ano.

No fim do mês passado a Justiça passou a conceder mandados de segurança que beneficiaram cerca de 30 embarcações em Santa Catarina. A empresa de Porto Belo também se beneficiou das decisões. Um dos barcos que recebeu autorização por via judicial foi apreendido na operação. De acordo com o Ibama, esta é a maior apreensão de pescado no Estado este ano.


Deixe o seu Comentário - Dúvidas e perguntas envie um email para contato@pescamadora.com.br