Últimas Notícias

PMA prende quatro pessoas e apreende 40 kg de pescado ilegal em Mato Grosso

ambiental-prende-quatro-pessoas-e-apreende-40-kg-de-pescado-ilegal-em-mato-grossoNo primeiro final de semana da Piracema, que iniciou neste sábado (1°), os policiais do Batalhão de Proteção Ambiental da Polícia Militar (BPMPA) prenderam quatro pessoas e apreenderam 40 quilos de pescado, mais dois barcos e diversas tarrafas.

Equipes da unidade especializada ambiental atuaram simultaneamente no patrulhamento fluvial e terrestre em Cuiabá, Santo Antônio de Leverger, Barra do Bugres, Rondonópolis e outras regiões do Estado.

Em um bloqueio na estrada de acesso à ‘Barra do Aricá’, uma área pesqueira em Santo Antônio de Leverger (34 km ao sul de Cuiabá), foram apreendidos 40 quilos de pescado transportados ilegalmente. Os peixes, de várias espécies, estavam armazenados em um recipiente de isopor no porta-malas de um veículo modelo Parati.

O condutor do carro de 53 anos, que estava sozinho, disse que havia pescado no rio Cuiabá, na chácara de um amigo. Além de perder o peixe, ele teve o carro apreendido, recebeu uma multa de R$ 1,5 mil e foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Leverger.

Já em Barra do Bugres (168 km a médio-norte), no Rio Paraguai, policiais do Núcleo de Polícia Ambiental faziam patrulhamento fluvial quando deparam com dois pescadores com um tarrafão dentro do barco.

A dupla negou que estivesse pescando, porém havia água escorrendo do apetrecho de uso proibido em qualquer época, independente da Piracema. A multa para eles foi de R$ 10 mil. Também tiveram o barco e o tarrafão apreendidos e foram encaminhados à delegacia.

No bairro do Porto, na Capital, durante patrulhamento fluvial os policiais flagraram um pescador jogando tarrafa no rio. Ao perceber a presença da guarnição ambiental, o homem se atirou nas águas com a tarrafa, porém não conseguiu se livrar do apetrecho. Detido, foi levado à Central de Flagrantes do Cisc Planalto.

Período de Defeso
Este ano, o período da Piracema foi antecipado em um mês. Teve início no sábado (1°) e se estenderá até 31 de janeiro de 2016.

Nesse período estão proibidas todas as modalidades de pesca, tanto amadora, profissional e esportiva (pesque e solte), assim como o transporte de pescado de rio. A única exceção é a pesca de subsistência, ou seja, para alimentar as famílias ribeirinhas.

PM-MT


Deixe o seu Comentário - Dúvidas e perguntas envie um email para contato@pescamadora.com.br