Últimas Notícias

PMA flagra infratores que faziam arrastão no rio Miranda em MS

Durante fiscalização ambiental na operação Piracema no rio Miranda, em uma região conhecida como Cemitério dos Heróis, Policiais Militares Ambientais de Jardim (MS) surpreenderam quatro infratores que faziam pesca do tipo arrastão com uso de redes de pesca (petrechos proibidos).

Ao avistarem a fiscalização, os infratores fugiram pela mata densa e abandonaram duas redes de pesca, que foram apreendidas. Apesar da fuga, os elementos conhecidos pela as alcunhas de Gilmarzinho, Paquinha, Coruja e Zé Minhoca foram identificados e responderão por crime ambiental de pesca predatória e poderão pegar pena um a três anos de detenção.

Os infratores também serão multados administrativamente. A multa prevista é de R$ 700,00 a R$ 100.000,00.

Os elementos ainda não haviam capturado peixes porque iniciavam a pescaria ilegal. Com a rápida abordagem, a fiscalização impediu que o rio fosse depredado,  já que com petrechos do tipo rede em pesca nesta modalidade, conseguiriam abater um cardume rapidamente, especialmente, no período de piracema em que grandes cardumes estão formados.


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato