Últimas Notícias

Sema apreende 200 kg de pescado ilegal no Norte Araguaia em MT

Sema apreende 200 kg de pescado ilegal no Rio Culuene em MTA equipe da regional da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) de Barra do Garças (MT) apreendeu 200 kg de pescado irregular durante uma operação realizada neste fim de semana na região do Rio Culuene, nas proximidades da hidrelétrica. Foram apreendidos dois barcos, duas canoas e um caminhão. Ninguém foi preso. As multas aplicadas totalizam R$ 5 mil.

Conforme o diretor da unidade regional, Fernando Saldanha Farias, a operação foi motivada por denúncias e contou com a participação da Polícia Civil, envolveu oito pessoas, entre fiscais e policiais, e começou na madrugada de sábado (23) e se encerrou na tarde de domingo (24). O pescado foi doado para o abrigo de idosos do município. “Entre o material apreendido, os barcos e canoas estão com a Sema e o caminhão está com o proprietário, como fiel depositário”.

Acampamentos
Farias explica que a Sema também promoveu uma ação de identificação e notificação das pessoas que estão participando de acampamentos de férias ao longo dos Rios Araguaia e Garças, entre os municípios de General Carneiro e Araguaiana. O objetivo foi mostrar os cuidados necessários para a utilização desta faixa às margens dos rios que é Área de Preservação Permanente (APP)

Balanço
De janeiro a maio deste ano, último balanço realizado, as equipes de fiscalização da Sema, em parceria com o Batalhão de Polícia Militar Ambiental, apreenderam 2,8 toneladas de pescado irregular em Mato Grosso, volume 60% maior que o mesmo período do ano passado, que foi de 1,6 tonelada. No relatório, os municípios de Poconé, Santo Antônio do Leverger e Juara respondem por 81% desse total. O valor das multas superou R$ 256 mil e os peixes foram doados para instituições filantrópicas.

Regras para pesca
Sema apreende 200 kg de pescado ilegal no Norte Araguaia em MTEmbora esteja fora do período de defeso da piracema, os pescadores profissionais e amadores precisam seguir algumas regras determinadas pela Lei Estadual nº 9.096/2009. Ela estabelece a proibição para uso de apetrechos de pesca como: tarrafa, rede, espinhel, cercado, covo, pari, fisga, gancho, garateia pelo processo de lambada, substâncias explosivas ou tóxicas, equipamento sonoro, elétrico ou luminoso.

As medidas mínimas dos peixes constam na carteira de pesca do Estado, e algumas delas são: piraputanga (30 cm), curimbatá e piavuçu (38 cm), pacu (45 cm), barbado (60 cm), cachara (80 cm), pintado (85 cm) e jaú (95 cm).

SEMA-MT


Deixe o seu Comentário - Dúvidas e perguntas envie um email para contato@pescamadora.com.br