Últimas Notícias

PMA aplica R$ 60 mil em multas e apreende 949 kg de pescado ilegal no rio Paraguai

Policiais Militares Ambientais do Servi√ßo de Intelig√™ncia de Corumb√° (MS) e Campo Grande (MS) realizaram levantamentos sobre elementos que estariam praticando pesca durante a piracema, e que desceriam em tr√™s embarca√ß√Ķes com o pescado ilegal.

Com a informa√ß√£o em m√£os, equipes da PMA de Corumb√° e da Se√ß√£o de Opera√ß√Ķes da Capital, se deslocaram nessa quinta-feira (23) pelo rio Paraguai at√© as proximidades da regi√£o conhecida como Peixinho onde prenderam em flagrante tr√™s elementos que praticavam pesca durante a piracema.

Os infratores foram avistados nas tr√™s embarca√ß√Ķes abordados em seguida. Um quarto infrator conseguiu fugir e os tr√™s foram presos. Nas embarca√ß√Ķes foram encontrados 949 kg de pescado das esp√©cies pintado, cachara e pacu em caixas de isopores, sendo v√°rios exemplares abaixo da medida permitida por lei. Al√©m disso, 723 kg de pescado estavam em fil√©, o que indica que o peso seria superior se os peixes estivessem inteiros.

O pescado, três motores de popa e barcos foram apreendidos. Os infratores, de 29, 40 e 59 anos, este profissional, residentes em Corumbá, receberam voz de prisão e foram encaminhados à delegacia de Polícia Federal, juntamente com o material apreendido, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória. A pena é de um a três anos de detenção.

A PMA tamb√©m autuou administrativamente os pescadores e multou em R$ 20.000,00 cada um. O pescado ser√° doado para institui√ß√Ķes filantr√≥picas. O infrator que fugiu foi identificado e tamb√©m ser√° multado no mesmo valor e responder√° pelo crime.


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato